05 ago Você conhece o seu nível de maturidade em Social Business?

Entender bem esse conceito é importante para planejar estratégias mais realistas e eficientes. E ao conhecer o nível pode-se desenvolver atividades específicas e com melhores chances de conversão.

Supondo que você já sabe o que é Social Business, uma vez que o primeiro post da série explorava seus conceitos e exemplos, podemos ir para o próximo passo: por onde minha empresa deve começar?

Cada importante autor tem criado um framework diferente para implementação da estratégia. Uns recomendam imersão e pesquisa profunda na cultura da empresa e do público-alvo como primeiro passo. Outros dizem que nada se começa antes de entender os macro objetivos de negócios e alinhá-los com os objetivos da estratégia de Social Business. Mas eu vou concordar com a Altimeter, que indica que a estratégia toda vai depender do seu nível de maturidade em Social Business.

Mas o que é isso?

Bom, simplificando, existem alguns “degraus” de evolução da cultura e experiência de Social Business dentro de uma organização. Você pode não ter nenhuma estratégia de social media implementada ainda na empresa, pode estar iniciando o processo neste momento, ou pode estar em um nível mais avançado, já utilizando social media como uma ferramenta de geração de negócios em todos as unidades da sua empresa.

Pessoalmente, acredito que avaliar o nível de maturidade como primeiro passo é vantajoso porque, além de obter uma visão clara do que foi feito até o momento e quais são os próximos passos, traz um certo “choque de realidade” para os decision-makers ao perceberem que as possibilidades relacionadas ao “social” chegam muito além do que pensavam. Já pode ser o começo da sua compreensão sobre a cultura interna da empresa e ao mesmo tempo o primeiro passo da sua tarefa de aculturamento dos funcionários.

Curioso para saber o seu nível? Disponibilizei uma versão em português do teste construído pela Altimeter em minha página do Facebook chamada Social Business Brasil.

Como declarado por Kate Cooper, diretora da Bloom Social Business, não há nível ‘certo’ ou ‘errado’ para se estar. O ponto chave de saber o seu nível é que cada um deles possui indicações de atividades especificas que guiam a empresa para o próximo nível.

Vamos conhecer o que a Altimeter orienta a respeito do que uma empresa deve priorizar em cada um dos níveis?

1. Principiante. Você está somente começando o processo, praticamente experimentando social media. Para que inicie bem, organize um grupo de profissionais que sirvam como coordenadores e educadores de Social Business dentro da empresa e os coloque em uma posição organizacional central. Ao mesmo tempo, desenvolva um time bem treinado para interagir com o público, que possa servir as demandas existentes de maneira satisfatória e rápida. Na parte da tecnologia, o indicado é investir em um programa inteligente de social listening para geração de valor para todas as áreas da empresa.

2. Intermediário. Nesta fase é importante estabelecer um modelo formal para Social Business, o que inclui programa de treinamento, acesso a informação de maneira fluida e estabelecimento de regras e politicas próprias. Além disso, o indicado é investir em programas para geração word of mouth marketing e em sistemas de gerenciamento de social media.

3. Avançado. No nível avançado o essencial é ‘espalhar’ a estratégia para toda a empresa, chegando a todos as unidades de negócio e funcionários. Uma dica nesta fase é trabalhar com empresas focadas em Social Business e não social media. Em relação a tecnologia, este é o momento de investir em integração social para todos os touchpoints digitais e em softwares sociais do tipo escaláveis.

Pronto, agora você já tem uma ideia mais madura sobre suas possibilidades. Mas calma: não vai sair seguindo essas dicas por conta própria. Uma estratégia de Social Business deve ser cuidadosamente montada por experts, amarrando cada ação aos objetivos de negócio e combinando estas orientações com as prioridades relacionadas ao contexto da empresa.

Não é uma receita de bolo (se fosse, eu provavelmente não compartilharia com vocês), mas é um bom start para que você compreenda o que deve buscar e ter uma ideia mais clara de como será esta estrada.

Quer estudar mais o assunto?

 

Fonte:WebInsider

 

Entender bem esse conceito é importante para planejar estratégias mais realistas e eficientes. E ao conhecer o nível pode-se desenvolver atividades específicas e com melhores chances de conversão.

Por Cássia Colling

Supondo que você já sabe o que é Social Business, uma vez que o primeiro post da série explorava seus conceitos e exemplos, podemos ir para o próximo passo: por onde minha empresa deve começar?

Cada importante autor tem criado um framework diferente para implementação da estratégia. Uns recomendam imersão e pesquisa profunda na cultura da empresa e do público-alvo como primeiro passo. Outros dizem que nada se começa antes de entender os macro objetivos de negócios e alinhá-los com os objetivos da estratégia de Social Business. Mas eu vou concordar com a Altimeter, que indica que a estratégia toda vai depender do seu nível de maturidade em Social Business.

Mas o que é isso?

Bom, simplificando, existem alguns “degraus” de evolução da cultura e experiência de Social Business dentro de uma organização. Você pode não ter nenhuma estratégia de social media implementada ainda na empresa, pode estar iniciando o processo neste momento, ou pode estar em um nível mais avançado, já utilizando social media como uma ferramenta de geração de negócios em todos as unidades da sua empresa.

Pessoalmente, acredito que avaliar o nível de maturidade como primeiro passo é vantajoso porque, além de obter uma visão clara do que foi feito até o momento e quais são os próximos passos, traz um certo “choque de realidade” para os decision-makers ao perceberem que as possibilidades relacionadas ao “social” chegam muito além do que pensavam. Já pode ser o começo da sua compreensão sobre a cultura interna da empresa e ao mesmo tempo o primeiro passo da sua tarefa de aculturamento dos funcionários.

Curioso para saber o seu nível? Disponibilizei uma versão em português do teste construído pela Altimeter em minha página do Facebook chamada Social Business Brasil.

Como declarado por Kate Cooper, diretora da Bloom Social Business, não há nível ‘certo’ ou ‘errado’ para se estar. O ponto chave de saber o seu nível é que cada um deles possui indicações de atividades especificas que guiam a empresa para o próximo nível.

Vamos conhecer o que a Altimeter orienta a respeito do que uma empresa deve priorizar em cada um dos níveis?

1. Principiante. Você está somente começando o processo, praticamente experimentando social media. Para que inicie bem, organize um grupo de profissionais que sirvam como coordenadores e educadores de Social Business dentro da empresa e os coloque em uma posição organizacional central. Ao mesmo tempo, desenvolva um time bem treinado para interagir com o público, que possa servir as demandas existentes de maneira satisfatória e rápida. Na parte da tecnologia, o indicado é investir em um programa inteligente de social listening para geração de valor para todas as áreas da empresa.

2. Intermediário. Nesta fase é importante estabelecer um modelo formal para Social Business, o que inclui programa de treinamento, acesso a informação de maneira fluida e estabelecimento de regras e politicas próprias. Além disso, o indicado é investir em programas para geração word of mouth marketing e em sistemas de gerenciamento de social media.

3. Avançado. No nível avançado o essencial é ‘espalhar’ a estratégia para toda a empresa, chegando a todos as unidades de negócio e funcionários. Uma dica nesta fase é trabalhar com empresas focadas em Social Business e não social media. Em relação a tecnologia, este é o momento de investir em integração social para todos os touchpoints digitais e em softwares sociais do tipo escaláveis.

Pronto, agora você já tem uma ideia mais madura sobre suas possibilidades. Mas calma: não vai sair seguindo essas dicas por conta própria. Uma estratégia de Social Business deve ser cuidadosamente montada por experts, amarrando cada ação aos objetivos de negócio e combinando estas orientações com as prioridades relacionadas ao contexto da empresa.

Não é uma receita de bolo (se fosse, eu provavelmente não compartilharia com vocês), mas é um bom start para que você compreenda o que deve buscar e ter uma ideia mais clara de como será esta estrada.

Quer estudar mais o assunto?

Minha página do Facebook tem o objetivo de educar os profissionais e empresas brasileiras sobre Social Business. Curte lá: https://www.facebook.com/SocialBusinessBrasil [Webinsider]

– See more at: http://webinsider.com.br/2013/08/04/voce-conhece-o-seu-nivel-de-maturidade-em-social-business/#sthash.iCL8y0LE.dpuf

Entender bem esse conceito é importante para planejar estratégias mais realistas e eficientes. E ao conhecer o nível pode-se desenvolver atividades específicas e com melhores chances de conversão.

Por Cássia Colling

Supondo que você já sabe o que é Social Business, uma vez que o primeiro post da série explorava seus conceitos e exemplos, podemos ir para o próximo passo: por onde minha empresa deve começar?

Cada importante autor tem criado um framework diferente para implementação da estratégia. Uns recomendam imersão e pesquisa profunda na cultura da empresa e do público-alvo como primeiro passo. Outros dizem que nada se começa antes de entender os macro objetivos de negócios e alinhá-los com os objetivos da estratégia de Social Business. Mas eu vou concordar com a Altimeter, que indica que a estratégia toda vai depender do seu nível de maturidade em Social Business.

Mas o que é isso?

Bom, simplificando, existem alguns “degraus” de evolução da cultura e experiência de Social Business dentro de uma organização. Você pode não ter nenhuma estratégia de social media implementada ainda na empresa, pode estar iniciando o processo neste momento, ou pode estar em um nível mais avançado, já utilizando social media como uma ferramenta de geração de negócios em todos as unidades da sua empresa.

Pessoalmente, acredito que avaliar o nível de maturidade como primeiro passo é vantajoso porque, além de obter uma visão clara do que foi feito até o momento e quais são os próximos passos, traz um certo “choque de realidade” para os decision-makers ao perceberem que as possibilidades relacionadas ao “social” chegam muito além do que pensavam. Já pode ser o começo da sua compreensão sobre a cultura interna da empresa e ao mesmo tempo o primeiro passo da sua tarefa de aculturamento dos funcionários.

Curioso para saber o seu nível? Disponibilizei uma versão em português do teste construído pela Altimeter em minha página do Facebook chamada Social Business Brasil.

Como declarado por Kate Cooper, diretora da Bloom Social Business, não há nível ‘certo’ ou ‘errado’ para se estar. O ponto chave de saber o seu nível é que cada um deles possui indicações de atividades especificas que guiam a empresa para o próximo nível.

Vamos conhecer o que a Altimeter orienta a respeito do que uma empresa deve priorizar em cada um dos níveis?

1. Principiante. Você está somente começando o processo, praticamente experimentando social media. Para que inicie bem, organize um grupo de profissionais que sirvam como coordenadores e educadores de Social Business dentro da empresa e os coloque em uma posição organizacional central. Ao mesmo tempo, desenvolva um time bem treinado para interagir com o público, que possa servir as demandas existentes de maneira satisfatória e rápida. Na parte da tecnologia, o indicado é investir em um programa inteligente de social listening para geração de valor para todas as áreas da empresa.

2. Intermediário. Nesta fase é importante estabelecer um modelo formal para Social Business, o que inclui programa de treinamento, acesso a informação de maneira fluida e estabelecimento de regras e politicas próprias. Além disso, o indicado é investir em programas para geração word of mouth marketing e em sistemas de gerenciamento de social media.

3. Avançado. No nível avançado o essencial é ‘espalhar’ a estratégia para toda a empresa, chegando a todos as unidades de negócio e funcionários. Uma dica nesta fase é trabalhar com empresas focadas em Social Business e não social media. Em relação a tecnologia, este é o momento de investir em integração social para todos os touchpoints digitais e em softwares sociais do tipo escaláveis.

Pronto, agora você já tem uma ideia mais madura sobre suas possibilidades. Mas calma: não vai sair seguindo essas dicas por conta própria. Uma estratégia de Social Business deve ser cuidadosamente montada por experts, amarrando cada ação aos objetivos de negócio e combinando estas orientações com as prioridades relacionadas ao contexto da empresa.

Não é uma receita de bolo (se fosse, eu provavelmente não compartilharia com vocês), mas é um bom start para que você compreenda o que deve buscar e ter uma ideia mais clara de como será esta estrada.

Quer estudar mais o assunto?

Minha página do Facebook tem o objetivo de educar os profissionais e empresas brasileiras sobre Social Business. Curte lá: https://www.facebook.com/SocialBusinessBrasil [Webinsider]

– See more at: http://webinsider.com.br/2013/08/04/voce-conhece-o-seu-nivel-de-maturidade-em-social-business/#sthash.iCL8y0LE.dpuf

Entender bem esse conceito é importante para planejar estratégias mais realistas e eficientes. E ao conhecer o nível pode-se desenvolver atividades específicas e com melhores chances de conversão.

Por Cássia Colling

Supondo que você já sabe o que é Social Business, uma vez que o primeiro post da série explorava seus conceitos e exemplos, podemos ir para o próximo passo: por onde minha empresa deve começar?

Cada importante autor tem criado um framework diferente para implementação da estratégia. Uns recomendam imersão e pesquisa profunda na cultura da empresa e do público-alvo como primeiro passo. Outros dizem que nada se começa antes de entender os macro objetivos de negócios e alinhá-los com os objetivos da estratégia de Social Business. Mas eu vou concordar com a Altimeter, que indica que a estratégia toda vai depender do seu nível de maturidade em Social Business.

Mas o que é isso?

Bom, simplificando, existem alguns “degraus” de evolução da cultura e experiência de Social Business dentro de uma organização. Você pode não ter nenhuma estratégia de social media implementada ainda na empresa, pode estar iniciando o processo neste momento, ou pode estar em um nível mais avançado, já utilizando social media como uma ferramenta de geração de negócios em todos as unidades da sua empresa.

Pessoalmente, acredito que avaliar o nível de maturidade como primeiro passo é vantajoso porque, além de obter uma visão clara do que foi feito até o momento e quais são os próximos passos, traz um certo “choque de realidade” para os decision-makers ao perceberem que as possibilidades relacionadas ao “social” chegam muito além do que pensavam. Já pode ser o começo da sua compreensão sobre a cultura interna da empresa e ao mesmo tempo o primeiro passo da sua tarefa de aculturamento dos funcionários.

Curioso para saber o seu nível? Disponibilizei uma versão em português do teste construído pela Altimeter em minha página do Facebook chamada Social Business Brasil.

Como declarado por Kate Cooper, diretora da Bloom Social Business, não há nível ‘certo’ ou ‘errado’ para se estar. O ponto chave de saber o seu nível é que cada um deles possui indicações de atividades especificas que guiam a empresa para o próximo nível.

Vamos conhecer o que a Altimeter orienta a respeito do que uma empresa deve priorizar em cada um dos níveis?

1. Principiante. Você está somente começando o processo, praticamente experimentando social media. Para que inicie bem, organize um grupo de profissionais que sirvam como coordenadores e educadores de Social Business dentro da empresa e os coloque em uma posição organizacional central. Ao mesmo tempo, desenvolva um time bem treinado para interagir com o público, que possa servir as demandas existentes de maneira satisfatória e rápida. Na parte da tecnologia, o indicado é investir em um programa inteligente de social listening para geração de valor para todas as áreas da empresa.

2. Intermediário. Nesta fase é importante estabelecer um modelo formal para Social Business, o que inclui programa de treinamento, acesso a informação de maneira fluida e estabelecimento de regras e politicas próprias. Além disso, o indicado é investir em programas para geração word of mouth marketing e em sistemas de gerenciamento de social media.

3. Avançado. No nível avançado o essencial é ‘espalhar’ a estratégia para toda a empresa, chegando a todos as unidades de negócio e funcionários. Uma dica nesta fase é trabalhar com empresas focadas em Social Business e não social media. Em relação a tecnologia, este é o momento de investir em integração social para todos os touchpoints digitais e em softwares sociais do tipo escaláveis.

Pronto, agora você já tem uma ideia mais madura sobre suas possibilidades. Mas calma: não vai sair seguindo essas dicas por conta própria. Uma estratégia de Social Business deve ser cuidadosamente montada por experts, amarrando cada ação aos objetivos de negócio e combinando estas orientações com as prioridades relacionadas ao contexto da empresa.

Não é uma receita de bolo (se fosse, eu provavelmente não compartilharia com vocês), mas é um bom start para que você compreenda o que deve buscar e ter uma ideia mais clara de como será esta estrada.

Quer estudar mais o assunto?

Minha página do Facebook tem o objetivo de educar os profissionais e empresas brasileiras sobre Social Business. Curte lá: https://www.facebook.com/SocialBusinessBrasil [Webinsider]

– See more at: http://webinsider.com.br/2013/08/04/voce-conhece-o-seu-nivel-de-maturidade-em-social-business/#sthash.iCL8y0LE.dpuf

Alcance seus resultados. Saiba como!!!

Fale com especialistas, e tenha uma consultoria de estratégias assertivas.

E-Mail: contato@layart.com.br

Telefone:(11)3482-5982 

Whatsapp:(11)98052-7810