Saber como investir em marketing digital no Instagram pode ser a diferença entre conquistar clientes e perder dinheiro. E isso vale para marcas de qualquer segmento ou porte.

Mas, para isso, você precisa saber como começar. Com o entendimento correto, você consegue obter curtidas no instagram, compartilhamentos e outros tipos de engajamento, gastando pouco por cada um deles.

Isso porque o sucesso não se faz apenas com bons produtos e com preços justos. Um posicionamento digital correto fará com que as pessoas encontrem você. E, consequentemente, comprem de você.

Assim, as redes sociais são inescapáveis. E, dentre elas, o Instagram se mostra como o mais voltado para divulgação de marcas.

Sendo assim, preparamos esse guia com as ações de marketing digital para você começar no Instagram. Fique conosco para conhecê-las.

Para que tipo de empresa é indicado o investimento em marketing digital no Instagram?

Como mencionamos anteriormente, ações de marketing digital são indicadas para todo e qualquer tipo de empresa. Independentemente do seu tamanho ou do mercado em que atuam. Mesmo as mais tradicionais podem se beneficiar delas.

Isso, pois o objetivo maior é fortalecer a presença e autoridade digital da marca. Isso focando nas redes sociais em que seus clientes estão. Nesse sentido, o Instagram lidera na presença de consumidores em potencial.

Quais são as melhores estratégias para começar a investir em marketing pelo Instagram?

Depois de explicar porque você deve investir, vamos nos concentrar em como fazer isso. Para isso, existem alguns caminhos que se mostraram mais assertivos que outros.

Assim, vamos listar as 8 estratégias que mais rendem resultados. E explicar cada uma delas.

Trace um objetivo

Esse é o primeiro passo ao iniciar qualquer projeto. Determine, assim, o que você deseja alcançar com a sua conta no Instagram.

Pode alavancar suas vendas, conhecer melhor seus clientes. Ou, então, apenas aumentar sua presença nesta plataforma digital.

A partir do momento em que você define o seu objetivo, você pode começar a traçar estratégias para poder alcançá-lo. E, também, verificar, regularmente, o quão perto você está de alcançá-lo.

Além disso, é preciso entender que estratégias mais específicas só podem ser alcançadas com um objetivo bem definido. Assim, apresentaremos todas as formas de investir no marketing no Instagram de forma mais macro.

 Monte uma estratégia de conteúdo

Uma vez que seu objetivo esteja definido, é preciso montar sua estratégia de conteúdo em cima dele. Dessa maneira, o primeiro investimento a se fazer é o de tempo.

Para criar um conteúdo de qualidade, é interessante que você entenda de marketing de conteúdo. O qual vamos explicar um pouco neste tópico.

Basicamente, esse conceito prega que o conteúdo precisa ser relevante aos usuários. Só assim, eles lhe ajudarão a alcançar sua meta.

Assim, você precisa definir uma persona para o seu cliente. Trata-se de uma representação do seu cliente médio, como uma pessoa real. Essa definição vai permitir que você direcione melhor o seu conteúdo.

É importante se organizar muito bem nesse período. Incluindo a seleção dos materiais que são, de fato, interessantes para o seu público.

 Elabore um calendário de publicações

Ao longo do processo produtivo é natural que se enfrente dificuldades com o conteúdo. Para evitar os riscos de não entregar, é ideal que se monte um calendário de publicações.

Dessa maneira, a equipe de produção pode se reunir, regularmente, para definir os temas de cada postagem. Bem como os prazos de entrega.

Esse calendário oferece maior controle ao gestor. Que, assim, acompanha com mais calma a evolução dos trabalhos.

Além disso, não existirá mais urgência de fazer publicações de um dia para o outro. Todos os profissionais podem organizar as agendas para estarem à altura dos prazos do calendário. O que garante uma maior qualidade.

Esse calendário também pode incluir quais as publicações que serão promovidas. Para isso, é necessário usar ferramentas como o Instagram Ads e o Facebook Business.

O bom uso das hashtags

Para que uma publicação seja exibida a um usuário, diversos fatores são considerados pelo algoritmo do Instagram. Entre eles, estão as preferências de cada conta.

Assim, existem formas de se manter em evidência. Uma delas é através das hashtags. Desde que elas façam sentido para o seu público.

As hashtags devem compor um conjunto com boas fotos e legendas envolventes. Isso pois, se forem mal usadas, elas podem comprometer o seu alcance. O que vai contra a ideia do próprio Instagram.

Assim, você deve se atentar para esses recursos. Dessa maneira, você usará o algoritmo a seu favor.

Invista nas imagens

Imagens de alta qualidade chamam muito mais atenção que as comuns. Além disso, se elas forem inovadoras e bem produzidas, são muito mais engajadoras e, assim, alcançam mais pessoas.

O conteúdo visual é muito importante no Instagram. Na verdade, é a sua razão de existir. Mesmo que algumas coisas tenham mudado, essa importância continua enorme na plataforma.

Nesse sentido, pode ser uma boa ideia investir não, apenas, na promoção de conteúdo. Mas, também, na produção do mesmo. Isso porque um fotógrafo profissional captará as imagens de forma tão boa que nenhum filtro se iguala.

Além disso, uma boa combinação com as legendas e hashtags, irá compor uma combinação ótima. No entanto, se você não tiver muito dinheiro, não tem problema.

Fotos autênticas, com smartphones razoáveis, têm muito potencial. Desde que transmitam a sua mensagem corretamente.

Seja autêntico e criativo

Se inspirar em outros produtores é compreensível e, até mesmo, natural. Mas você não deve plagiar o trabalho de outra pessoa.

É essencial que você busque a sua própria linguagem. Dessa maneira, o seu engajamento será natural e duradouro.

Isso funciona, mesmo, quando você paga por anúncios. Pois anúncios podem atrair o público. Mas é sua autenticidade que o manterá.

Além disso, um conteúdo original passa outro entendimento às pessoas. Que, por sua vez, se convertem em mais engajamento e faturamento.

Não deixe de interagir

Manter uma boa interação com o seu público é o que garante maior alcance. Assim, é um ponto que precisa ser observado bem de perto.

Caso você não se atente a esse ponto, o dinheiro e o tempo investidos no seu Instagram não surtirão efeito. Isso pois uma etapa fundamental consiste, justamente, no acolhimento junto à marca.

Sendo assim, nunca deixe de responder aos comentários. Além de estimular as interações nos stories e outras formas de engajamento, como curtidas e compartilhamentos.

Brinque com os formatos

A variação de formatos é fundamental para você ter sucesso no Instagram. Sem isso, seu conteúdo pode se tornar repetitivo. Mesmo que a qualidade do seu material seja excelente.

O próprio Instagram oferece diversos formatos de conteúdo. Como o IGTV, os stories e, mais recentemente, os reels. Cada um com suas particularidades e todos voltados a deixar o seu público entretido.

Dentro do feed tradicional, também existem várias opções. O carrossel, por exemplo, é muito pouco explorado e pode comportar fotos e vídeos.

Além disso, quando você está investindo em anúncios, existem diversos objetivos de marketing. E cada um deles exige um formato diferente de anúncio. Logo, é muito difícil atingir certos objetivos, sem variar o formato das suas publicações.

 Dessa maneira, conseguimos entender que o investimento em marketing no Instagram é fundamental para alavancar o seu crescimento. Mas ele precisa estar acompanhado de planejamento e de dedicação para com seu público.

O varejo digital não para de conquistar consumidores que aproveitam uma série de facilidades, como descontos e fretes gratuitos. Por isso, as compras online já viraram hábito para 86% dos brasileiros, sendo que 37% deles fazem isso, pelo menos, uma vez por mês, segundo a pesquisa “Social Commerce” da Opinion Box.

Esses números representam mais possibilidades e oportunidades para os lojistas. Mas, para conseguir se destacar na internet, é importante investir no marketing digital para e-commerce. Ele é um conjunto de estratégias para promover seus produtos e serviços, visando construir autoridade de marca para aumentar as vendas e atrair clientes realmente interessados pelo seu setor.

 

5 estratégias de marketing digital para e-commerce

A implementação das ações de marketing digital na sua loja virtual não precisa ser uma tarefa difícil, basta criar planejamento, ter dedicação e atenção quanto às melhores práticas.

Descubra agora tudo o que é necessário para você ter sucesso.

1. Seja presente e constante nas redes sociais

 

Uma das formas mais oportunas para trabalhar o marketing digital do seu e-commerce é através das redes sociais. Além de serem ferramentas gratuitas, elas são usadas por 76% dos consumidores para pesquisar produtos, de acordo com a pesquisa da Opinion Box.

As mais usadas são: Instagram (62%), Facebook (61%), Google Shopping (61%), WhatsApp (37%), Pinterest (9%) e Twitter (9%).

Estar em um ou mais de um canal direcionado para o público-alvo permite criar relacionamento, entender as necessidades e comportamentos dos clientes, fortalecer a imagem da empresa, vender mais e persuadir consumidores que estão apenas navegando na internet através do comércio contextual.


2. Invista no Marketing de Conteúdo

 

Outro aliado das ações de marketing para e-commerce é o Marketing de Conteúdo. Trata-se da criação e divulgação de materiais relevantes para atrair, engajar e fidelizar sua audiência, visando alcançar autoridade da marca, com a possibilidade de se tornar uma referência no segmento.

Esses conteúdos podem ser desenvolvidos em diferentes canais e formatos, como artigos para blog, e-books, vídeos e disparos de e-mail marketing.

 

3. Use SEO

 

O SEO é um conjunto de técnicas que otimizam um site para alcançar os primeiros resultados nas ferramentas de busca, como o Google. Aplicar essas estratégias no marketing digital do seu e-commerce permite que sua marca ganhe visibilidade na internet e aumente o tráfego orgânico.

Alguns itens que precisam ser considerados nessa etapa são: boas descrições de produto, páginas rápidas e responsivas para dispositivos móveis.

 

4. Explore os links patrocinados

 

Os anúncios pagos são uma estratégia para quem deseja resultados mais rápidos. Eles também são vantajosos para impulsionar conteúdos mais populares de acordo com a segmentação do público.

Além deles, outro recurso de mídia paga é o remarketing. Também conhecido como retargeting, ele permite anúncios para consumidores que já tiveram alguma interação no seu e-commerce sem ter efetuado nenhuma compra.

É uma forma de aumentar as vendas, relembrando os clientes da demonstração de interesse ou, até mesmo, um jeito de recuperar carrinhos abandonados.

 

5. Experimente o marketing de influência e marketing de afiliados

 

As parcerias com influenciadores digitais do seu segmento também são uma estratégia para o marketing. Segundo pesquisa da Spark em parceria com o Instituto QualiBest, 76% dos consumidores já compraram algum produto ou serviço por causa das recomendações.

Ou seja, quando você encontra as pessoas certas, elas permitem o aumento das conversões de venda e geram autoridade para sua marca.

Nesse sentido, outra prática semelhante que pode ser adotada são os afiliados. Aqui, a ideia é que, em troca da promoção do seu e-commerce em sites próprios, você pague comissões por venda. Isso também ajuda a expandir o público em outros canais.

 

Implemente o marketing digital no seu e-commerce e conquiste um negócio de sucesso

Para conseguir implementar o marketing digital no seu e-commerce, é importante que exista uma sintonia na equipe responsável pelas estratégias. Todos precisam entender a relevância de ser consistente nas ações para visualizar resultados que não são imediatos.

Com paciência e dedicação, todo o tempo dedicado se transforma em uma série de benefícios: mais lucros, tráfego orgânico, construção de autoridade, reputação da marca na internet e muito mais. Comece agora mesmo e melhore sua experiência de compra e venda

Se você está em busca de novos clientes, estas cinco estratégias de marketing digital para e-commerce são para você!

Você preparou tudo, está aí com sua loja pronta para vender, já desenvolveu seu planejamento estratégico de marketing digital e agora está se perguntando como anunciar produtor na internet? Este nosso artigo vai te ajudar a decidir quais caminhos você deve seguir para aprender como fazer marketing digital para e-commerce.

As cinco principais estratégias de marketing digital para e-commerce são:

  1. Mídias Sociais
  2. Anúncios pagos
  3. Marketing de Conteúdo
  4. E-mail marketing
  5. Ter um site responsivo e compatível com dispositivos móveis

Entenda cada uma, a seguir.

1. Mídias Sociais

As redes sociais já são usadas e conhecidas por todos que desejam se comunicar com seu público e é um dos mais conhecidos tipos de estratégias de marketing para e-commerce. Mas, você sabe como vender pelas redes sociais?

Atualmente, as mídias sociais são responsáveis por aumentar consideravelmente o volume de vendas de diversas empresas. Entretanto, para que isso aconteça você precisa seguir alguns passos básicos.

Primeiramente escolher quais plataformas você estará presente. Mas lembre-se que quanto mais plataformas você estiver, mais trabalho você terá para atualizar e gerir sua presença.

As plataformas mais comuns no Brasil são o Facebook e Instagram, com importante apelo visual, com grande foco em imagens e vídeos. Twitter e Pinterest também funcionam muito bem para lojas on-line e são plataformas com um nicho mais segmentado.

Conheça o passo a passo para usar Automação durante toda jornada de compra do seu cliente e vender mais

Após escolher as suas redes sociais é hora de começar com suas postagens.

A melhor forma de começar é postando conteúdos relevantes que tenham relação com a sua empresa e estejam alinhados aos seus clientes.

Para que as pessoas sigam e vejam suas postagens, é importante que elas tenham interesse no conteúdo que você está fazendo.

Para isso, um bom exemplo de estratégia de marketing digital para e-commerce é focar em ser relevante para seus seguidores. Não poste apenas seus produtos e serviços.

Para que você não perca engajamento, normalmente você precisa dar preferência a posts que trarão maior número de interação com seu público.

Como fazer isso? Criando engajamento!

Engajamento é a palavra de ordem das mídias sociais. Entre as estratégias de marketing digital para e-commerce não se pode ignorar a interação com seu público. Até mesmo porque ela é importantíssima também para a plataforma entender que seu conteúdo é relevante e aumentar o alcance e a divulgação de seu post sem que você precise pagar por isso.

Esta é também uma das principais estratégias de inbound marketing, principalmente para a etapa de atração do funil de vendas.

Promoções são uma ótima forma de promover engajamento em algum post e até mesmo divulgar o seu perfil.

2. Anúncios pagos

Fique tranquilo! Os anúncios pagos terão o preço que você estiver disposto a pagar e mesmo que você comece com pouco, eles podem te trazer ótimos resultados em suas estratégias de marketing digital para e-commerce.

Você pode, por exemplo, efetuar pagamentos por clique (CPC) e definir uma verba limite para sua campanha.

Além disso, é possível configurar todo tipo de segmentação de clientes em seus anúncios. Alcançando diretamente suas personas e aumentando sua força on-line.

Para a definição das personas, a criação de um SLA, service level agreement, entre marketing e vendas é importante. Garantindo alinhamento entre as estratégias.

Você consegue criar anúncios pagos em diversas plataformas como o Google Adwords, Facebook e Instagram. Elas são uma ótima forma de encontrar o cliente certo, na plataforma que você escolher divulgar.

3. Marketing de Conteúdo

Uma das principais estratégias de marketing para atrair clientes é o marketing de conteúdo. A estratégia é baseada na produção de conteúdo relevante para seu público-alvo. Para isso alguns formatos podem ser usados como:

  • escrever artigos para o blog do seu site,
  • produzir vídeos
  • criar postagens relevantes como vimos nos exemplos de estratégias de marketing em mídias sociais,
  • desenvolver ebooks,
  • criar podcasts, e mais.

Quer um exemplo?

Vamos supor que você tenha uma loja online que venda ternos. Você pode escrever um artigo sobre “como dar nó em gravata” e atrair clientes que pesquisam por esta informação.

Quando eles entrarem para ler o seu conteúdo, elas terão a chance de conhecer a sua empresa.

É claro, desde que você não se esqueça de colocar uma chamada para ela ao final de seu artigo! Dessa forma você irá gerar tráfego qualificado e melhorar seus resultados em marketing digital.

Para que você pesquise temas que podem ser usados por sua empresa,  use a ferramenta de palavras-chave Google Trends.

Além disso, você ainda pode contar, por exemplo, com o Google Analytics para avaliar o desempenho de seus artigos.

O marketing de conteúdo é uma das estratégias de inbound marketing mais relevantes para o funil de vendas.

4. E-mail marketing

E-mail marketing é uma das mais tradicionais estratégias de marketing digital para e-commerce que existem a disposição.

Não subestime o uso desta ferramenta. Ela é essencial para qualquer empresa que queira fazer sua presença on-line relevante.

Para que você possa começar a usufruir dos benefícios do e-mail marketing você precisa construir sua lista de endereço de e-mails. Para isso você precisa converter visitantes em leads.

Como fazer isso? Algumas ações podem ajudar, entre elas:

  • promoções em que seus clientes tenham que cadastrar seu e-mail para participar,
  • descontos especiais,
  • inscrições em seu site,
  • oferecimento de conteúdos exclusivos em troca de compartilhamento do e-mail do usuário, e mais.

Use todo tipo de atrativo que possa capturar o e-mail de seus clientes. Lembre-se apenas de deixar claro que os usuários estão aceitando receber e-mails de sua empresa. Caso contrário você corre o risco de ser jogado em listas de spam.

Aprenda como criar uma estratégia de marketing digital com landing pages e converta visitantes de seu site em leads.

Depois de ter sua lista de clientes para envio de e-mail marketing, é hora de preparar conteúdos relevantes assim como os tipos de estratégias de marketing utilizadas nas mídias sociais. Seja relevante!

A partir da captura dos contatos, em cada uma das etapas do funil de vendas, você pode segmentar seus clientes. Para isso, utilize a estratégia de automação de e-mail marketing e crie um fluxo de nutrição específico para cada momento de compra de seus clientes.

Para automatizar o envio de e-mails e criar campanhas de marketing automatizado, você pode contratar o uso de um software de automação de marketing.

5. Ter um site responsivo e compatível com dispositivos móveis

Hoje em dia é muito mais comum que seus clientes cheguem até você por meio de algum dispositivo móvel como um smartphone. Por esse motivo você precisa ter um site e um blog responsivo.

Desta forma seus clientes não terão problemas para acessar e navegar perfeitamente no conteúdo de seu site.

Além disso, este é um importante fator para uma boa classificação no Google. Ter um site responsivo garante que seus clientes terão mais chances de te encontrar em sites de pesquisa.

Não adianta saber como criar uma estratégia de marketing digital para e-commerce completa e pecar na compatibilidade, não é mesmo?!

marketing digital para e-commerce é algo fundamental para todo gestor que deseja ver suas vendas crescerem. Isso porque as ferramentas disponibilizadas pela internet ajudam em toda a jornada do cliente, ou seja, desde a atração até o fechamento da venda.

Se as vantagens são grandes, as possibilidades também. Caso você não tenha um bom direcionamento, pode acabar desperdiçando todas as oportunidades sem alcançar os resultados desejados.

Foi pensando nisso que preparamos este conteúdo de hoje. Vamos mostrar como iniciar do zero uma estratégia de marketing digital para e-commerce. Ficou interessado? Então continue a leitura!

A importância do marketing digital para e-commerce

Depois que o acesso à internet foi amplificado para grande parte da população, as lojas virtuais se tornaram uma excelente oportunidade de gerar dinheiro. Se antes as lojas físicas tinham um público limitado e custos elevados, agora um e-commerce pode atingir pessoas de diferentes localidades. O melhor: com custos menores.

Porém, para alcançar essas vantagens é preciso, antes, levar as pessoas certas até a loja virtual. Isso é conquistado com as ações de marketing digital. É importante pensar em toda a jornada que o cliente percorre até finalizar uma compra. Desde a atração, conhecimento, análise até a decisão, as ações de marketing digital conseguem ajudar em todas as etapas.

Por exemplo, ao criar um anúncio nas redes sociais você pode impactar pessoas que não entrariam na sua loja. Ao criar um blog e alimentá-lo com conteúdos relevantes, você pode alcançar boas posições no Google e atrair um grande fluxo de visitantes, que podem se tornar clientes.

Enviando e-mail marketing você pode gerar um bom relacionamento com sua base de interessados. E, também, conquistar consumidores para a marca.

Esses são só exemplos de ações de marketing digital para e-commerce que apresentam ótimos efeitos.

 

O passo a passo para começar a estratégia do zero

Agora que você já conhece a grande importância das ações de marketing digital para e-commerce, vejamos quais são as melhores dicas e o passo a passo para começar do zero.

#1 Faça uma análise de mercado

Conhecer o seu público e os seus concorrentes será essencial para que suas metas sejam alcançadas. Para isso, liste todos os seus concorrentes (diretos e indiretos) e acompanhe as ações de cada um.

Ficar de olho no que um concorrente faz pode ser uma forma de atrair ideias para o seu negócio. Você não deve copiar a iniciativa do outro, mas pode ter insigths incríveis!

Agora, também fique atento aos erros que eles cometem. É sempre bom aprender com os erros alheios. Isso evitará com que você tome decisões perigosas para o crescimento da sua loja virtual.

Por fim, conheça o seu público! Pesquise sobre os seus gostos, classe social, nível de instrução, seus sonhos, receios e monte uma persona. Veja no item a seguir.

#2 Monte a persona do seu negócio

Entender quem é o seu público-alvo não será o suficiente para fazer o seu e-commerce alçar voos altos. Mesmo se o estudo estiver completo, muitas informações ainda serão superficiais. Por isso, indicamos que você construa a persona do seu negócio, principalmente para atuação em ambiente online.

Com a persona criada, você poderá traçar estratégias digitais com embasamento, já que sabe como o seu público se comporta na internet: o que ele busca e deseja.

Para isso, fique de olho nos seguintes itens que vão te levar à persona ideal:

  • os principais objetivos;
  • os principais desafios;
  • os assuntos de interesse;
  • os meios de comunicação mais acessados;

Para chegar nessas respostas, entreviste os seus principais clientes. Isso pode ser feito por meio de um questionário relacionando, sempre, ao nome, ao cargo, à idade, ao estado civil, à formação acadêmica.

#3 Invista em marketing de conteúdo: crie um blog e seja relevante nas redes sociais

Criar conteúdos relevantes, alinhados com técnicas de SEO, vai fazer com que a sua loja virtual seja conhecida na internet. Ex: se você vende produtos esportivos, publique textos que auxiliem seus clientes a escolher os equipamentos e trajes adequados.

Além de construir uma real possibilidade de venda, sem ser chato, você estará fidelizando a pessoa. Dessa forma, sempre que ela precisar de alguma informação relacionada ao tema, ela terá o blog da sua loja como referência.

Assista, também, ao vídeo que produzimos sobre a importância em ter um blog para a sua loja virtual. Selecionamos três motivos que vão te inspirar a criar conteúdos para o seu público!

#4 Não abandone o e-mail marketing

Muita gente fala que o e-mail marketing morreu. O que poucos sabem, porém, é que ele está mais vivo do que nunca e pode ser essencial para a sua estratégia de conteúdo.

De acordo com a sua persona, trace: como trabalhar os conteúdos e novidades no seu e-mail marketing e a periodicidade dos envios. Para te ajudar, leia o nosso artigo sobre e-mail marketing.

#5 Invista em SEO para e-commerce

No item #2, chegamos a comentar sobre estratégias de SEO. Vamos falar mais detalhadamente sobre isso.

SEO é um conjunto de técnicas que ajudarão a posicionar o seu site nos buscadores da internet. De forma direta, será, por meio de um bom trabalho de SEO, que o seu e-commerce será bem rankeado no Google.

Itens como palavra-chave, fotos renomeadas de maneira correta e descrições de produtos completas são algumas das dicas infalíveis que te contamos nesse texto sobre o tema.

#6 Inclua um chatbot para atendimento real time

Uma ótima possibilidade para agregar no seu e-commerce é o chatbot. O atendimento automatizado pode ser uma solução para atender seu público a qualquer hora, em qualquer dia.

É importante desenvolver bem o chatbot para que as solicitações sejam realmente atendidas. Caso contrário, a oportunidade pode se transformar em uma frustração.

#7 Monitore o que falam da sua marca

Outro ponto importante da estratégia é monitorar o que falam sobre a sua marca. Isso deve ser feito, principalmente, nas redes sociais.

Acompanhe os grupos, comentários e publicações para ver como anda a saúde da marca. Ou seja, como é a avaliação da empresa na visão do público. Dessa análise podem sair grandes decisões, enaltecendo os pontos positivos e corrigindo os negativos.

#8 Mensure os resultados e otimize os esforços

Por fim, nunca se esqueça de mensurar os resultados. Uma das maiores vantagens do marketing digital é que os resultados das ações podem ser analisados e medidos. Ou seja, você conseguirá saber com exatidão quanto um anúncio criado está retornando em vendas ou quantas pessoas estão abrindo seus e-mails.

Essas análises ajudam a ter mais assertividade nas ações e otimizar os esforços, concentrando naquilo que realmente está gerando bons resultados.

Portanto, vimos que o marketing digital para e-commerce é fundamental em qualquer empresa, não importando seu mercado ou público. As ações permitem trabalhar cada etapa da jornada do cliente, maximizando os resultados e tornando mais sólida a sua empresa. Avalie as dicas que listamos e comece a aplicá-las agora mesmo!

Com cada vez mais pessoas utilizando a Internet, o marketing digital virou uma importante ferramenta para os empreendedores.

Esse recurso ajuda a melhorar os resultados da sua empresa, já que, por meio dele, é possível atrair oportunidades, gerar um relacionamento com o público-alvo, fortalecer a marca e melhorar o funil de vendas. Veja dicas de marketing digital.

Esse tipo de marketing também pode ajudar a medir como o público está reagindo ao conteúdo que você está vendendo.

Sabendo que esse artifício é fundamental para o seu negócio, vamos oferecer algumas dicas de marketing digital que irão ajudar a melhorar o seus resultados consideravelmente.

Apesar de ser um termo muito usado ultimamente, algumas pessoas ainda podem ficar em dúvida em relação ao seu significado.

Basicamente, é possível definir o marketing digital como um conjunto de estratégias online que a empresa utiliza para conseguir atrair novos compradores, entender melhor qual o público-alvo a ser atingido e ter uma dimensão de como está o desempenho do seu negócio.

10 dicas de marketing digital para melhorar seus resultados

Agora que você sabe melhor em que o marketing digital atua e qual é a importância dele para o seu negócio, vamos mostrar algumas dicas para ajudar a melhorar os seus resultados ao explorar esse artifício.

 

1. Entenda o seu consumidor

O consumidor é uma parte fundamental para o sucesso da sua empresa. Logo, é necessário estar em boa sintonia com ele.

Saber como os clientes enxergam sua marca e o que eles esperam dela é fundamental para que eles fiquem satisfeitos ao escolherem você, e não a concorrência.

Para que isso aconteça, é importante ficar atento aos comentários recebidos, sejam eles em pesquisas de satisfação ou em sites e redes sociais.

Por meio desses feedbacks, é possível analisar em qual parte o seu negócio pode melhorar, conseguindo propor uma melhor qualidade na venda e, consequentemente, cativar antigos e novos clientes.

 

2. Saiba analisar os dados

As plataformas nas quais o marketing digital atua fornecem diferentes tipos de dados para que você possa analisar o seu desempenho.

Isso faz com que você tenha maior facilidade para ver como o público reage aos diversos conteúdos publicados. No entanto, é necessário saber analisar os números fornecidos.

Caso contrário, essa vantagem não será útil.

Muitas vezes, as próprias redes sociais oferecem as métricas que você precisa. Vejamos o exemplo do Instagram.

Dados como alcance e impressões de suas publicações, quantas pessoas visitaram seu perfil e de onde seu público vê seu conteúdo podem ser encontrados na rede social.

Além disso, há diversas ferramentas no mercado que podem te ajudar a analisar essas métricas, como o Google Analytics.

Atualmente, existem diversas maneiras de aprender a realizar esse entendimento das métricas fornecidas.

Cursos ou vídeo aulas são uma ótima escolha para quem está iniciando nesse processo.

Investir nisso será um diferencial, pois você terá noção de quais estratégias funcionam melhor para os seus consumidores.

 

3. Tenha uma boa equipe

Apesar de parecer algo simples, por tratar-se de um assunto envolvendo “apenas” a Internet, desenvolver estratégias de marketing digital que ajudem a melhorar os resultados da sua empresa é algo trabalhoso e requer muito estudo.

Nesse momento, ter bons profissionais ao seu lado é fundamental. Isso porque, durante o processo de criação, é necessário estar atento a alguns detalhes que para os leigos podem acabar passando despercebidos.

Dessa maneira, é importante contar com profissionais da área de comunicação e de marketing.

Eles estarão por dentro das modificações do mercado e das melhores estratégias a serem usadas no momento, facilitando a obtenção de um melhor desempenho para o seu negócio.

Para fazer isso, existem duas opções: contratar uma empresa especializada no assunto ou montar uma equipe interna, que pode acabar saindo mais caro.

Basta analisar qual opção é a melhor para você.

 

4. Invista em anúncios

A utilização de anúncios sempre foi uma ferramenta eficiente para atrair novos consumidores.

Isso não muda no ambiente digital, pois é muito difícil depender apenas do tráfego orgânico, que ocorre somente por conta de um bom ranqueamento em mecanismos de busca.

Atualmente, é comum as pessoas receberem anúncios em suas redes sociais, em sites que estão visitando ou e-mails.

A escolha por esse tipo de anúncio acontece devido aos seus diversos benefícios, como:

  • Menor custo;
  • Maior segmentação do público que será atingido;
  • Praticidade;
  • Dinamismo;
  • Interação com os consumidores;
  • Fácil acompanhamento dos resultados.

 

5. Utilize o funil de vendas

O funil de vendas consiste em juntar diversas táticas de marketing para estimular os leads a virarem clientes do seu negócio. Essa estratégia monta uma jornada que seguirá o seu cliente, desde o contato inicial com a marca, até a fidelização.

Os passos dessa jornada constituem em ouvir falar da sua empresa, buscar mais informações e feedbacks sobre ela, procurar um produto vendido pelo seu negócio, realizar a compra, ficar satisfeito com o que foi entregue, ser fiel à empresa e, por fim, indicar o lugar para outras pessoas.

É essencial frisar que pode ser que algumas etapas não ocorram durante o processo, vai depender do relacionamento com o cliente. Além disso, no marketing digital, todo o processo citado ocorre no meio digital, em de sites, redes sociais e aplicativos.

Para facilitar a construção do funil de vendas ideal para o seu negócio digital, é possível utilizar a HeroSpark que é especializada em criar funis de venda de alta conversão e que gerem resultados reais para sua empresa.

Com isso, o trabalho maçante e manual é feito por um software, o que permite mais tempo para melhorar outras questões do seu negócio.

6. Utilize o e-mail marketing

De acordo com uma pesquisa do site Statista, mais de um terço da população utiliza o e-mail, ou seja, cerca de 2,9 bilhões de pessoas. Ao analisar esse número, é possível perceber que existe um grande mercado a ser explorado nessa plataforma.

A fim de aproveitar esses usuários, as empresas estão aderindo ao e-mail marketing, que consiste em falar com seus clientes por meio do e-mail.

No entanto, isso deve ser feito seguindo certas normas para que esses e-mails não se tornem spam, ou seja, envio e postagem de publicidade em massa, algo que não é agradável.

Para utilizar essa ferramenta de maneira eficiente, não é possível comprar listas de e-mails, mas é preciso disponibilizar a opção de descadastramento, utilizar as estratégias de forma correta e equilibrada e não mandar mensagens em excesso.

7. Faça um planejamento a longo prazo

Ao desenvolver estratégias de marketing digital, é fundamental pensar a longo prazo. Para que esse artifício tenha efeito e possa aumentar os seus resultados, é preciso ter uma constância no processo, já que, dessa maneira, você sempre estará em evidência.

Porém, isso não quer dizer que você não deva investir em planos que ofereçam resultados imediatos: é essencial saber equilibrar as duas ferramentas.

Assim, você irá atrair um maior engajamento, fazendo com que seu negócio seja cada vez mais visto.

 

8. Invista em marketing de conteúdo

Muitas vezes, ao se falar de marketing digital, as pessoas pensam que apenas os anúncios são suficientes para atrair novos compradores e fidelizar os antigos. Quando, na verdade, também é necessário produzir conteúdos que despertem o interesse dos consumidores, eduquem e os ajudem a entender melhor do que se trata a sua empresa e quais os seus valores.

Existem diferentes maneiras de colocar essa estratégia em prática, a mais utilizada é a publicação de matérias e produtos audiovisuais em sites e blogs específicos.

De acordo com o site Demand Metric, esse tipo de conteúdo custa 62% menos do que o marketing tradicional e você consegue três vezes mais leads, que consistem em potenciais compradores.

Ao analisar esses números, é possível perceber a eficácia dessa estratégia.

Outra dica é aplicar o marketing de conteúdo em suas redes sociais. Assim, você aproxima o cliente de sua marca, fideliza consumidores e pode até ser uma autoridade no seu nicho, ao fazer publicações constantes sobre as tendências do seu mercado.

Para isso, tenha sempre seu planejamento e a persona do seu negócio em mente.

 

9. Trabalhe com marketing de influência

Com a popularização das redes sociais, surgiram os digital influencers, que são pessoas que conseguem influenciar seus seguidores.

Atualmente, é quase impossível alguém não conhecer ou não seguir alguém que se encaixe nesse perfil. Por serem formadores de opinião, é cada vez mais recorrente as marcas utilizarem essa importância e visibilidade para promover seus produtos.

Segundo a pesquisa Influenciadores Digitais, realizada pela QualiBest, 88% dos entrevistados já descobriram algum produto por conta dos influenciadores, 73% adquiriram algo por conta da divulgação dessas pessoas e 55% procuram a opinião de um influenciador antes de realizar a compra de determinado produto.

Essas estatísticas apresentam a força desses fenômenos da Internet, o que mostra que eles são uma ótima forma de promover o seu negócio.

 

10. Tenha bons conhecimentos

Apesar das dicas oferecidas funcionarem muito bem, nem sempre usar somente essas estratégias de marketing digital será suficiente para melhorar seus resultados e atrair seu público-alvo.

Para tornar o seu negócio digital ainda mais lucrativo, você precisa estudar bastante.

WeCreativez WhatsApp Support
Nossa equipe de suporte ao cliente está aqui para responder às suas perguntas.
👋 Oi em que posso ajudar?
error: Alerta: O conteúdo está protegido !!