13 mar Como configurar uma página de empresa do LinkedIn

E dar o primeiro passo para construir um poderoso networking no seu segmento de atuação.

 

Se você ou seus clientes estão usando uma rede social só para fins comerciais, as chances de que esta rede  seja o LinkedIn são boas. O serviço possui mais de 150 milhões de usuários empresariais.

Se você opera um negócio multilocation, com um nome bem conhecido em sua indústria, ou trabalha como um profissional liberal, ter uma página no LinkedIn é uma excelente maneira de mostrar a outros profissionais o que você pode fazer, e é uma oportunidade de publicidade gratuita que você não deve deixar passar.

Por onde começar

De início, não se preocupe com a atualização para uma conta paga. Você não precisa disso para montar a página da empresa, ou mesmo para fazer a maioria das coisas que uma empresa deve fazer no Linkedin. Escolha uma senha que você possa distribuir aos empregados ou contratados encarregados de manter a sua página da empresa, ou alterá-la se você já tiver um perfil.

Esta (acima) é a primeira tela que você vê quando a criação de uma página da empresa.

Após digitar o nome da empresa e seu endereço de e-mail, você se encontrará na página “Visão Geral”. Para adicionar dados a esta seção, clique no botão “Ferramentas de administração”, no lado direito da página, e escolha a opção “Editar”. Aqui, você irá inserir o logotipo da empresa, sua descrição, o RSS do seu blog, e, o mais importante, especialidades da sua empresa. Se você realmente quiser restringir os termos, use a ferramenta de sugestão de palavras-chave do Google AdWords para encontrar frases-chave para sua indústria.

Quer ver um exemplo de uma página LinkedIn bem construída? Dê uma olhada na página da GoodLife Fitness. Ela oferece estatísticas sobre a empresa e quantos membros pertencem ao clube, junto com uma descrição curta e bem escrita.

Recortar e colar toda seção “Sobre nós” de seu site não é recomendável. O texto pode ser muito prolixo para o Lindedin. O ideal é que você tran=balhe com uma descrição sucinta, de menos de um parágrafo. como a GoodLife fez.

A GoodLife Fitness oferece uma visão geral da empresa, curta e direta, em sua página LinkedIn. Para melhorar sua descrição ainda mais, aprender sobre buzzwords a evitarna rede social.

Ofertas de emprego

Para postar trabalhos na seção Carreiras da página da sua empresa no Linkedin, você deve adquirir uma assinatura da rede social, e, em seguida, pagar por uma página carreira Gold ou Silver (as taxas de inscrição começam em US $ 26 por mês). Este recurso benefícia apenas médias e grandes empresas. Um pequeno negócio pode conviver bem com listagem de empregos inseridas em seu próprio site, e apenas a postagem da atualização de status no LinkedIn quando a oferta de uma nova posição for incluída.

Considere Produtos e Serviços

Você pode adicionar produtos e serviços da sua empresa. Para isso, basta ir na área ‘Produtos e Serviços”. Mas você deve adicionar apenas os itens mais populares, e inserir um link para levar seus visitantes ao seu site, para um olhar mais atento às suas ofertas. No entanto, não ignore este área totalmente (como muitas empresas que estão no LinkedIn fazem). Elaajuda os clientes em potencial a encontrarem e entenderem o seu negócio.

O LinkedIn permite que você adicione vídeos, nomeie um contato da empresa, e insira muitos outros detalhes. Por exemplo, você poderia informar que tem um serviço “Vendas no Rio”, e o vendedor responsável. É recomendável que este contato tenha um perfil no LinkedIn. Incentive seus funcionários a se inscreverem na rede social, se já não o fizeram.

Adicione produtos e serviços na página da sua empresa para ajudar os clientes em potencial encontrarem o seu negócio.

Uma vez adicionado um produto ou serviço, as opções “Recomendar” e “Compartilhar” aparecem abaixo dele. Use-os para perguntar aos clientes leais no LinkedIn se não se importam em fazer uma recomendação para a sua empresa. Essa recomendação aparecerá junto com um link para seu perfil na barra lateral direita da página de seu produto ou serviços.

O botão ‘Compartilhar’ permite que as pessoas interessadas compartilhem seus produtos no LinkedIn ou no Twitter, se tiverem adicionado sua conta no Twitter para o LinkedIn.

Confira como fabricante de calçados Wolverine (imagem acima) usa a área de Produtos para mostrar suas marcas de calçados, bem como recomendações de produtos. Ela é um bom exemplo.

Recomende aos funcionários que adicionem a página da empresa aos seus respectivos perfis

Depois de criar a página da sua empresa, peça aos funcionários para a adicionarem em seus perfis. O benefício para você é que os visitantes dos perfis dos seus funcionários serão capazes de clicar sobre a página da sua empresa e conhecê-la um pouco mais.

Participe de grupos para divulgar a sua marca

Uma das melhores maneiras de aproveitar bem o LinkedIn é participar de grupos em sua área. Os grupos do LinkedIn são provavelmente o lugar mais livre de ruído na Internet para ter uma discussão profissional. Se você não encontrar grupos relevantes para a sua indústria, comece um.

Outro recurso interessante é o Respostas do LinkedIn. Pergunte e obtenha respostas instantâneas de qualquer usuário da rede que quiser ajudá-lo. Se puder, responde também. Responder ajuda a aumentar a sua reputação e a da sua empresa na sua área de negócio.

O processo de criação de uma página de empresa no LinkedIn não deve levar mais do que alguns minutos . E o retorno em exposição da comunidade, no longo prazo, vale o seu esforço.

Ah! Apenas mais um detalhe: empresas que não possuem um domínio próprio de e-mail (por exemplo suaempresa.com.br) não possuem um dos requisitos mínimos necessários para criar uma página própria. Neste caso, é possível criar um grupo para promover a sua empresa.

Para criar um grupo: (1) clique em Grupos, no topo de sua página inicial; em seguida, clique em “Criar um grupo”; (2)preencha a página “Criar um grupo”, lembrando que os campos com asterisco são obrigatórios; (3) clique em “Criar um grupo aberto” ou em ” Criar um grupo fechado”.

Fonte:Cio