29 Maio 5 dicas para quem está começando um negócio digital

Diante da pandemia, pequenos e médios empresários precisaram renovar suas técnicas de venda e conquista de clientes. Uma das alternativas foi entrar no mundo digital, muitas vezes visto como um bicho de sete cabeças para os mais tradicionais.

O posicionamento digital, mostrar o que é sua marca, é uma das maiores dificuldades. A maioria dos donos de negócios físicos não costuma se preocupar com criar uma voz para o negócio, por exemplo. “No meio digital, essas estratégias são imprescindíveis para conseguir se destacar da concorrência e alcançar um público fiel”, explica.

Outro movimento importante descobrir em qual plataforma ou rede social seu público se encontra. “Para alguns negócios o Instagram funciona muito bem, para outros talvez seja interessante usar o Facebook, algumas marcas já estão usando até o TikTok”, comenta.

Para dar o passo inicial sem medo, temos cinco dicas. Confira:

1- Inspire-se em negócios de sucesso

Faça uma pesquisa de mercado com outras empresas de sua área que já têm sucesso no meio digital e analise quais estratégias eles usam. Depois, identifique quais delas podem ser aplicadas no seu caso.

2- Faça conteúdos profissionais

Procure passar uma imagem profissional e invista muito bem nas fotos e imagens que serão postadas nas redes sociais.

3- Diversifique o conteúdo

Não transforme suas redes sociais em um “catálogo online”. Crie conteúdo que tenha relação com o seu público, dê dicas, mostre os bastidores, apresente a equipe, mostre formas de usar o seu produto… Seja criativo!

4- invista na divulgação

Invista em anúncios pagos nas redes sociais. Plataformas como o Facebook Ads, que também permite publicações pagas no Instagram, são intuitivas. A empresa também fornece cursos para ensinar como melhor o desempenho.

Outra opção são parcerias com influenciadores. Para quem está começando do zero, o resultado pode ser importante.

5- Tenha paciência

A internet é incrível e pode abrir muitas portas para qualquer negócio, mas não é milagre.Os resultados não vão aparecer do dia para a noite. Sucesso é resultado de constância e persistência.

Read More

29 Maio Não deixe que erros de marketing digital atrapalhem seus negócios

Vamos ser sinceros: vivemos em um mundo impulsionado pela tecnologia e o marketing digital ultrapassou, de várias maneiras, os canais tradicionais. Com os consumidores agora se voltando para a Internet para todas as perguntas que eles têm, é fácil entender por que o marketing digital cuidadoso pode fazer ou quebrar um negócio. Sem ela, qualquer empresa é tão boa quanto morta na água.

Isso requer não apenas a implementação de táticas mais experientes, mas um conhecimento de quais armadilhas devem ser evitadas com antecedência. Veja como evitar os tipos de erros de marketing digital que podem prejudicar sua marca mais rapidamente do que um clique do mouse.

Você nunca alcançará seus objetivos que não define

Isso pode parecer óbvio, mas é incrível quantas marcas por aí veem o marketing digital como algo em que apenas mergulham. Configurar um monte de contas de mídia social e lançar algumas hashtags por aí com a esperança de pegar fogo não trará muitos benefícios se não houver um objetivo claramente definido por trás disso.

Talvez esse objetivo seja aumentar o tráfego para o site da marca ou gerar mais leads em potencial por meio do celular. Seja qual for o caso, objetivos mensuráveis ​​ajudarão a estabelecer uma conexão comum com seu público e impulsionarão toda a estratégia futura.

Relacionados: Como conseguir o trabalho de marketing digital dos seus sonhos

Entenda as necessidades do seu público

Escusado será dizer que seus clientes são a força vital de seus negócios, portanto, não entender o que eles querem fará com que qualquer esforço de marketing digital seja inútil. Mesmo a campanha mais bem-pensada e cativante cairá por terra se não se relacionar com o consumidor pretendido, ou pior, perder completamente o público-alvo. Tudo, desde o uso da linguagem no conteúdo até a avaliação de como o cliente hipotético usa a mídia digital, deve levar em consideração a abordagem de marketing da sua marca. Aproveite o tempo para analisar sua análise de público e descobrir o que os motiva.

Produzir conteúdo com uma finalidade

Os internautas estão constantemente consumindo conteúdo, mas o conteúdo que é compartilhado e ganha classificações amadas pelo Google tem uma identidade real. Os algoritmos dos mecanismos de pesquisa estão em constante evolução e é imperativo que o conteúdo seja distinto para beneficiar os esforços de marketing digital de uma marca. Conteúdo bem elaborado deve dizer algo que toque em seus objetivos e ofereça algo valioso para o público-alvo.

Ficar no topo das tendências e da concorrência é igualmente vital. Pergunte a si mesmo: “Agora é a hora certa de usar essa tática para se conectar ao meu público?” A resposta nem sempre pode ser sim. Manter tudo isso em mente ao criar o conteúdo resultará em mais conversões de leads, em vez de se perder.

Acompanhe o ROI de seus esforços de marketing

A aparência do seu ROI de marketing digital será diferente de outras marcas. O que todas as empresas têm em comum, porém, é a necessidade de acompanhar seus esforços para maximizar o rendimento. Refinar sua abordagem de SEO e usar uma estratégia do Google AdWords semelhante ao PPC Pro pode se traduzir em leads reais, mas entender os dados é essencial para manter esse sucesso.

O que você não quer fazer é aplicar uma abordagem “defina e esqueça” em suas campanhas digitais. Isso não significa que tudo deve ser verificado e monitorado a cada hora do dia, mas é necessária observação e manutenção regulares. Não faltam ferramentas de análise para ajudar, portanto, não tenha medo de experimentar diferentes e determinar o que ajuda sua empresa a obter o ROI máximo.

Read More

29 Maio 5 dicas para pequenos negócios interessados em atuar em marketplaces

Para se tornar um vendedor de sucesso em um marketplace, é necessário fazer uma boa seleção dos produtos a serem anunciados. Escolha um nicho de atuação, pois quanto mais especializado você for, mas conseguirá se diferenciar dos demais anunciantes do marketplace. Foque em produtos que você conhece bem para facilitar seu processo de vendas e anuncie os seus produtos que sabe que tem mais saída. Dessa forma, você também consegue atrair o público que mais se encaixa no perfil da sua loja. Também fique de olho nas tendências e observe o que a concorrência está oferecendo para que consiga refletir sobre seus diferenciais.

Para ter um anúncio de sucesso é preciso esforço, dedicação e estudo. Primeiramente, pesquise como seus concorrentes anunciam e quais são as dúvidas mais comuns dos consumidores. Elas podem te orientar sobre quais informações adicionais colocar no seu anúncio. Fique atendo ao título, que deve ter o nome, a marca, o modelo e especificação técnica do produto. Certifique-se de inserir seu produto na categoria correta, pois muitos compradores utilizam a busca por categoria. Garanta mais relevância colocando as informações técnicas do produto e vincule o número do código de barras (Código EAN) ao anúncio para que ele apareça melhor nos sites de busca. Se seu produto possui variações de cor, tamanho ou voltagem, preencha corretamente os campos específicos e coloque uma foto para cada produto diferente. Quanto às fotos, elas devem ser nítidas e apresentar bem o produto. O tamanho ideal é 1200×1900 pixel. Mostre o produto real e apenas um por foto. Um bom vídeo também pode ajudar nas vendas, mostrando como o produto funciona de forma objetiva e simples. O vídeo não deve ultrapassar 60 segundos.

3. Tenha os produtos em estoque
Nunca anuncie sem ter estoque. Ter o produto para entrega é fundamental para a venda online. Se seu estoque for muito pequeno ou esgotar, encerre seu anúncio ou interrompa a divulgação até que tenha novamente o produto para vender. Saiba que a relevância do produto dentro da plataforma depende de como gerencia o seu estoque. Por isso, evite encerrar ou interromper anúncios por falta de estoque para não perder visibilidade para os clientes.

Colocar o preço correto nos produtos é um dos maiores desafios para os pequenos negócios. No comércio eletrônico não é diferente. Oferecer frete grátis, por exemplo, pode destacar seu anúncio, mas avalie bem se esse custo está dentro das suas possibilidades. Alguns marketplaces dividem o custo do frete grátis com o vendedor para produtos acima de um valor específico. Verifique as condições da plataforma para definir sua estratégia de frete e de preços.

5. Atenda aos compradores com atenção e rapidez
Na internet, a sua loja ficará aberta 24h por dia e os compradores querem atenção imediata. Responda rápido aos questionamentos, pois respostas em até 2 minutos podem fazer diferença para concluir a venda ou não. Para isso, tenha alguém de plantão mesmo à noite, finais de semana ou feriados para não deixar seu potencial comprador esperando. Crie respostas automáticas para as perguntas mais frequentes e mesmo que o comprador solicite algo que você não tem, ofereça algo semelhante com o link do anúncio para tal compra. O pós-venda também é muito importante. Então verifique com atenção o produto a ser enviado e poste-o o mais rapidamente possível. Em caso de problemas, tenha uma postura amigável e resolutiva para garantir a satisfação do cliente e proporcionar boa avaliação do seu atendimento.

Read More

19 Maio Como o marketing digital pode transformar a sua indústria

O marketing digital se trata de um conjunto de ações e estratégias de marketing aplicadas aos meios online, ou seja, na internet, com a finalidade de atrair novos leads (potenciais clientes), ampliar o relacionamento, gerar faturamento, agregar valor à marca e trazer resultados positivos, entre outros.

Mesmo após detalhar tantas vantagens do marketing digital em um único parágrafo, isso é apenas uma parte de tudo que ele pode gerar para a sua empresa!

E se você não ainda não utiliza o marketing digital em sua indústria, você pode estar perdendo uma grande vantagem para a concorrência!

Neste post nós iremos te explicar o marketing digital pode transformar a sua indústria e trazer mais clientes de maneira prática e dinâmica.

O marketing digital já se tornou uma questão de prioridade para as indústrias, inclusive para as que estão inseridas no mercado B2B (business to business), e possuem maior complexidade em fidelizar clientes.

Por isso, se você faz parte do ramo industrial, e vende produtos diversos, como itens de decoração, bomba centrífuga, matérias-primas, entre outros, e ainda não conhece as vantagens do marketing digital, acompanhe nosso post abaixo! Vamos lá?

É um meio de divulgar sua indústria

O marketing digital é um conjunto de estratégias que possuem diversas finalidades. Dentre elas, divulgar a sua indústria e fazer com que mais clientes cheguem até você de maneira mais otimizada é um dos quesitos mais procurados entre os empreendedores do ramo.

É possível divulgar a sua marca de maneira eficiente pela internet, por meio dos canais de divulgação e comunicação, como sites, blogs, redes sociais, aplicativos, fóruns, e-mails, entre outros.

Melhora o seu posicionamento no ramo

O marketing digital também é uma excelente alternativa para que você crie e implemente campanhas altamente segmentadas, e consiga chegar ao seu público com mais precisão.

Atingindo o seu público de maneira mais eficaz, como resultado, é possível ampliar a sua relação com os leads (potenciais clientes) e consumidores, melhorando o seu posicionamento no mercado.

Amplia o seu canal de vendas

Para uma indústria, ter um alto índice de vendas, mesmo inserida em um nicho, significa mais chances de crescimento e desenvolvimento.

Por isso, com o marketing digital, também é possível ampliar o seu canal de vendas para alcançar mais clientes.

Entre os canais de vendas, existem os marketplaces, que são plataformas onde diversos vendedores vendem para diversos compradores. Ele é semelhante a um shopping online.

Se sua indústria vende fritadeira elétrica industrial, por exemplo, lembre-se que também é importante analisar em quais plataformas o seu público se concentra, pois assim, terá mais clareza sobre os resultados de venda online.

Agora que você já sabe como o marketing digital pode transformar a sua indústria, o que acha de implementá-lo e ter sucesso? Gostou do nosso conteúdo? Conta pra gente!

Read More

19 Maio Marketing digital: 6 dicas para se recuperar da crise

O período de quarentena decretado como medida de contenção do Coronavirus no Brasil teve (e ainda está tendo!) grande impacto na saúde financeira das empresas, especialmente as micro e pequenas, dos segmentos de comércio e serviços, que tiveram que fechar suas portas. Para conseguir se manter e começar uma recuperação gradual, o marketing digital pode ser um grande aliado, já que as vendas por telefone e internet devem permanecer como alternativas de destaque para suprir as necessidades dos consumidores, que ficaram ainda mais digitais. Afinal, se o varejo online representava apenas 6,7% do comércio varejista geral (exceto veículos, peças e materiais de construção), como mostra os dados do E-commerce Brasil, a tendência de crescimento deve seguir.

Com experiência no atendimento de mais de 13 mil PME’s, a plataforma de tecnologia e inteligência aplicada ao marketing digital Reach PME dá 5 dicas essenciais para sua empresa se recuperar da crise usando as estratégias digitais:

1) Não interrompa bruscamente suas campanhas de marketing digital

As plataformas de anúncios trabalham por meio de algoritmos, que vão ganhando mais eficiência com o tempo, a partir da tecnologia de aprendizagem de máquina. “Ao interromper uma campanha, o Google e o Facebook (os principais publishers) perdem todo o histórico adquirido. Ao retomar a campanha, o algoritmo desses publishers pode levar até 3 meses para ter um pico de entrega novamente”, explica a gerente de atendimento Paula Lopes.

2) Aproveite os preços mais baixos

Um estudo elaborado pela Social Bakers mostra uma queda significativa no valor do Custo por Clique (CPC) e Custo por Mil Impressões (CPM) – duas das principais métricas e parâmetros para cobrança dos anúncios em campanhas digitais – em todas as regiões e setores do mundo, desde o início do período de quarentena. Como muitas marcas estão reduzindo o investimento em campanhas e a demanda pelo consumo online aumentou com o maior número de pessoas em casa, os lances dos leilões estão mais baratos.

3) Aproveite as ferramentas gratuitas

O Google disponibiliza o Google Meu Negócio – uma plataforma gratuita que possibilita que você gerencie a presença on-line da sua empresa no Google, inclusive na Pesquisa e no Maps. Essa é a hora de fazer uma boa revisão da página do seu negócio, atualizando e incluindo as informações para que o cliente final o encontre facilmente, já que a ferramenta possibilita integração com todos os canais de contato da sua empresa. Tudo ali, na palma da mão do seu cliente.

4) Procure projetos de apoio

A Reach PME também criou o marketplace solidário apoielocal.com.br. No portal, os profissionais autônomos e/ou liberais poderão se cadastrar gratuitamente para ter sua própria página integrada ao Whatsapp e a uma linha telefônica inteligente, no sistema “ligue grátis”, além de poder compartilhar os seus serviços para sua lista de contatos por meio de vcard (cartão de visitas virtual) e criar campanhas de vendas por meio de cupons digitais e gift cards. Todas as interações são trackeadas por uma inteligência de monitoramento, o que possibilita otimização das ações. O projeto ainda permite que grandes empresas façam doações em dinheiro que serão revertidas em campanhas de marketing digital para os cadastrados.

5) Esteja pronto para receber o seu cliente

O seu site é a sua casa na internet e, portanto, também precisa estar organizado. Imagine se o seu cliente descobre o seu negócio pelas campanhas, mas ao pesquisar encontra páginas desatualizadas e que passam pouca informação para o momento. Da mesma forma, é importante que as suas páginas em redes sociais estejam em dia. Afinal, tudo conta pra esse cliente multicanal e extremamente digital formar uma única percepção de marca e credibilidade.

6) Esteja pronto para atender o seu cliente

Você preparou todo o caminho para o cliente te achar, ele bate a sua porta e aí… ninguém atende. Entre os clientes da Mob Call – plataforma de cloud contact center especializada em voz – que tem em sua base mais de 3 mil clientes, só no mês de março 15% das ligações recebidas não foram atendidas.

Canal preferido por 39% dos clientes, segundo estudo da Microsoft publicado em 2019, o telefone vem ganhando ainda mais destaque no período da quarentena estabelecida nos diferentes estados brasileiros, fazendo parte do percurso multicanal do cliente.

A disponibilidade é fundamental para fazer valer todo o investimento de tempo e dinheiro nas estratégias digitais e lembre-se de que o cliente é ansioso e imediatista.

Read More

19 Maio O marketing digital para alavancar vendas

Em um cenário crítico da economia, a verdadeira face dos empresários é colocada à prova diante da necessidade de cortes de gastos, limitação de funcionamento, entre outras adversidades provocadas devido à expansão cada vez mais rápida do coronavírus no Brasil, que já alcança mais de 116 mil casos confirmados até o momento e cerca de 7.700 mortes. Mesmo com todas as fatalidades, empresários como Nicolas Borges seguem na luta para manter o quadro de funcionários e buscam maneiras de se reinventar para evitar que mais famílias sejam prejudicadas afetadas pela onda do desemprego.

Um das medidas tomadas por Nicolas, dono da Low Cars, vem chamando a atenção nas redes sociais pelo aumento exponencial das vendas mesmo na crise. Isso porque, o empresário do setor automotivo viu na crise a oportunidade de expor seu negócio para milhares de pessoas utilizando uma estratégia já conhecida por muitos fãs do mercado automotivo, a compra e revenda de carros usados ou modificados, porém, no Instagram. O perfil oficial de vendas da Low Cars, o @lowsalesoficial, já existia, porém, durante a quarentena, Nicolas tem investido em promoções, conteúdos de valor e ações exclusivas para os seguidores. O investimento vem apresentando tantos resultados positivos que o empresário percebeu a demanda para carros novos e decidiu criar outro instagram de anúncios para essa categoria, o que, segundo ele, triplicou os rendimentos da Low Cars.

Sobre as estratégias digitais definidas pela marca, Nicolas afirma: “Procuramos estar presentes em diferentes meios de comunicação para expor nossa marca, anunciamos no Instagram, mas direcionamos os seguidores para assistirem vídeos completos no Youtube. Com isso, vem o benefício de expor nosso trabalho em detalhes por meio dos vídeos gravados de todas as etapas das transformações que realizamos. Nessa “brincadeira”, aumentamos nosso engajamento tanto na página oficial da empresa no Instagram, quanto no Youtube. Como resultado, as vendas seguem crescendo até mais do que antes da pandemia”, afirma Nicolas Borges, um dos sócios da Low Cars.

O Marketing Digital segue mostrando sua força como um dos principais meios na recuperação dos negócios perante ao quadro instável da economia. Outra ação tomada por Nicolas dentro do Marketing Digital, foi a criação do “Close Friends” no Instagram, canal exclusivo de “vendas de ideias” para empresários de qualquer setor, mas especificamente do automotivo, setor principal de atuação do empresário.

Quando questionado sobre ter medo de expor as ideias aplicadas em seus negócios nas redes Nicolas dispara: “Não vejo o menor problema em compartilhar o que deu certo, assim como também não vejo menor problema de falar abertamente o que deu muito errado. Esse deveria ser um dos principais gatilhos a serem observados no meu Close Friends, já que ao ver o que deu errado, você já economiza tempo e aprende com o erros alheios. Não vendo ali histórias fantasiosas sem sofrimento, batalha e trabalho, entre erros e acertos, ao fazer o que gosta, uma hora dá certo. Tentamos mostrar os melhores caminhos, mas a história quem escreve é cada um”, pontua.

“O empresário que visa só o lucro, dificilmente consegue sobreviver em crises. Já entreguei muito conteúdo gratuito e por isso consigo hoje precificar meu conteúdo exclusivo. Precisamos ter consciência de que a vitória vem com um passo de cada vez. Sem dúvidas, quem não se adaptar ao digital, já tá fora do jogo. Quero ajudar outros empreendedores com o que eu aprendi, nada mais satisfatório do que receber feedbacks positivos de pessoas que mudaram de vida depois de uma trabalho feito pela sua equipe”, finaliza Nicolas Borges.

Read More