18 dez 6 ideias para atrair mais consumidores para o seu e-commerce

O e-commerce brasileiro fechou o primeiro semestre de 2011 com faturamento de R$ 8,4 bilhões em bens de consumo – crescimento de 24% em relação ao mesmo período de 2010, quando houve faturamento de R$ 6,8 bilhões, segundo o relatório WebShoppers da consultoria e-bit.

A pesquisa com mais de 4.000 lojas virtuais confirma o que muitos especialistas em comércio eletrônico pregaram: 2011 foi o ano do e-consumidor.

O sucesso do e-commerce no Brasil pode ser atribuído a alguns fatores:

  • maior poder de compra da nova classe média (crédito);
  • estabilidade na economia;
  • ofertas cada vez mais tentadoras da lojas virtuais;
  • maior confiança nas recomendações dos círculos de amizade.

Os dois últimos itens – motivos desse post – chamam a atenção principalmente neste final de ano, quando o comércio apela para ofertas imperdíveis e trabalha o engajamento por meio das redes sociais.

Segundo a Nielsen, 90% dos e-consumidores acreditam na recomendação de amigos, e 87% gastam mais online depois de se depararem com o comentário positivo de um conhecido sobre determinado produto.

Paralelo a isso estão os hotsites, e-mail marketings e tweets que se espalham pela web com um mundo de ofertas. Estou falando de conteúdo focado em conversão de vendas.

Pensando nisso, listo seis ideias a serem aplicadas no conteúdo de mídias digitais que podem chamar a atenção desse público sedento por ofertas:

  1. Faça um post com até 80 caracteres. Segundo a agência americana Buddy Media, mensagens curtas tem 27% maior chances de serem replicadas e acessadas;
  2. Ofereça descontos pelas redes sociais. Com a corrida pelas compras de Natal e a mobilidade, nada melhor que receber uma oferta a qualquer momento;
  3. Cuidado ao abusar de palavras como “promoção”, “cupom” e “oferta”. O consumidor está mais esperto para esse tipo de abordagem;
  4. Invista na publicidade local. Um estudo da MaxPoint Interactive afirma que apostar nos mercados locais reforça em até 40% o volume de vendas nas 72 horas que antecedem as festas de fim de ano;
  5. Pense nas ações mobile. De acordo com o Google, 15% das pesquisas de preços e lugares para celebrar as festas de fim de ano virão dos celulares e tablets;
  6. Por fim, mas não menos importante, integre sua comunicação. De nada adianta fazer ações bacanas se elas não conversam entre si.

E aí, qual sua estratégia?

 

Fonte:Midiaria

Alcance seus resultados. Saiba como!!!

Fale com especialistas, e tenha uma consultoria de estratégias assertivas.

E-Mail: contato@layart.com.br

Telefone:(11)3482-5982 

Whatsapp:(11)98052-7810