15 fev Redes sociais criam oportunidades, mas também risco para as empresas

Entenda como o uso de ferramentas colaborativas abrem brechas de segurança nas organizações, ao mesmo tempo em que criam modelos de negócio.

De acordo com o autor do livro Wikibrands: como construir uma marca em um mercado controlado pelo consumidor, Mike Dover, este ano será marcado pela utilização das redes sociais para construção da imagem dos usuários, principalmente no âmbito profissional. Isso significa uma oportunidade ímpar para que os profissionais ganhem destaque no mercado mas, ao mesmo tempo, obriga as corporações a criarem regras para a utilização dessas novas mídias, com o intuito de não ferir as políticas de segurança da informação e evitar o vazamento dos dados corporativos.

Do lado da TI, os CIOs encaram a privacidade da informação da mesma forma que algumas pessoas reagem aos exercícios físicos: com a respiração tensa e a sensação de dor iminente. Fora de indústrias regulamentadas como a de serviços de saúde – na qual o sigilo é imperativo -, o tema se torna uma preocupação real para os gestores de tecnologia apenas quando os problemas acontecem. Mas, à medida que as empresas adotam cada vez mais aplicativos Web 2.0 as brechas de segurança ganham proporções incomensuráveis.

Fale com Especialistas.