Quando se trata de ecommerce, fica difícil não falar sobre anúncios pagos (adwords) como uma alternativa a curto-prazo para crescer as vendas.

16 mar Quando se trata de ecommerce, fica difícil não falar sobre anúncios pagos (adwords) como uma alternativa a curto-prazo para crescer as vendas.

Se você é lojista  provavelmente já sabe que o desempenho em vendas do seu e-commerce está proporcionalmente ligado ao seu número de visitantes; e não só isso, mas também a sua qualidade – de nada adianta atrair vegetarianos para uma loja de artigos para fascinados em bacon.

É importante considerar que nada fará seus pedidos aumentarem significativamente de uma semana para a outra de forma tão eficaz quanto um investimento planejado em anúncios pagos, principalmente em Google AdWords, que veicula seus produtos na maior rede de busca de produtos do mundo, o Google.

Na maioria dos casos, quando falamos de uma loja nova que ainda não possui uma audiência própria e reconhecimento de marca, suas vendas acabam sendo totalmente dependentes de anúncios.

O que é o Google Shopping e porque sua loja deveria usá-lo?

O Google Shopping é uma forma que o google encontrou de entregar produtos que os usuários estão procurando no buscador, de forma organizada e eficaz.

Esses produtos são separados por nome, preço e loja em que estão disponíveis. As informações são entregues no formato de carrossel, o que torna tudo muito intuitivo.

E quer saber da melhor?

A principal vantagem de anunciar no google shopping é que os resultados aparecem no topo do google, antes mesmo dos anúncios pagos para a rede de busca!

google shopping
Se até a busca se tornou mais responsiva, imagina a importância que o google dá para isso?

Os anúncios tem significativo destaque, tanto no desktop quanto em dispositivos móveis – que aliás, sofreu um pequeno redesign ano passado para ficar ainda mais notável em smartphones.

Como anunciar meus produtos no Google Shopping?

Inserir os produtos da sua loja no Google Shopping é muito simples!

São necessários três passos e aí pronto, você estará utilizando a forma de anúncios mais recomendada para ecommerces: usamos o Google Shopping para nosso cliente, Lua Pratas (um ecommerce de Berloques, Anéis e Pulseiras), e adivinha só?

Os anúncios do google shopping geram 5x mais conversões por um custo bem menor em relação aos demais anúncios na rede de display e busca.

1° passo: configurando seu arquivo XML

A primeira coisa que você precisa ter em mãos para começar a anunciar, é um arquivo XML contendo todos os produtos da sua loja, com preço, nome, categoria e quantidade.

Se você utiliza uma plataforma de ecommerce, parabéns! A maioria delas oferecem o arquivo XML prontinho para o Google Shopping. Caso sua loja não ofereça essa função, veja como criar o arquivo aqui.

2° passo: se cadastrando no Google Merchant Center

Com o arquivo XML da sua loja em mãos, basta seguir para o próximo passo: faça um cadastro no Google Merchant Center. Após inserir todas as informações para usar o GMC, basta clicar em “produtos”, depois em “feeds” e subir o seu arquivo XML.

Não se esqueça de configurar o país de destino e demais opções na hora de subir seu feed.

3° passo: integrando o Google Merchant Center a sua conta do AdWords

Agora que seu feed está no Google Merchant Center, a sua conta do Google AdWords precisa enxergá-lo para poder criar campanhas com os seus produtos.

Para isso, vá na sua conta do Google Merchant Center, no menu suspenso do ícone de três pontos, clique em “Vinculação de contas” e selecione “Google AdWords”. Basta digitar o ID da sua conta do Google AdWords, clicar em “adicionar” e pronto!

Agora basta acessar o Google AdWords e criar uma nova campanha do Google Shopping.

FAQ – Dúvidas comuns

O ID de cliente fica na parte superior de qualquer página do Google AdWords quando você está conectado, perto do seu endereço de e-mail.

É possível vincular várias contas do Google AdWords a uma única conta do Google Merchant Center, e uma conta do Google AdWords pode ser vinculada a várias contas do Google Merchant Center.

Dicas: site responsivo, otimização de anúncios e remarketing

Após configurar e iniciar suas campanhas no Google Shopping, você irá perceber que elas possuem uma performance bastante superior – quando falamos em vender produtospela web – em relação aos anúncios na rede de display e busca.

Porém, ainda vou te dar mais algumas dicas!

Não custa finalizar a leitura. 😉

google shopping
O remarketing é uma função para anúncios muito poderosa para recuperar visitantes e vendas perdidas

A primeira delas é: não use só um tipo de anúncio! Aproveite cada um deles pensando em cada etapa do consumidor.

Quer um exemplo? Use os anúncios da rede de busca para pesquisas especificas, de preferência cauda longa, como “tênis adidas superstar azul tamanho 40”.

Esse tipo de busca tem uma ocorrência menor do que “tênis adidas”, mas é muito mais exata, o usuário sabe exatamente o que quer. Aproveite para entregar isto a ele com um bônus: informe que sua loja tem frete grátis!

A outra dica é aproveitar a rede de display para remarketing. Esse tipo de anuncio possui um CPC muito barato, mas a qualidade dos cliques não é lá tão alta justamente porque o usuário não está procurando por nada no momento do clique.

É seu banner que está por aí, vagando em algum blog ou parceiro da rede de display.

Mas quer saber de algo fantástico? Esse tipo de anuncio funciona muito bem para remarketing! Use e abuse do poder de atingir usuários que já visitaram sua loja, e até crie campanhas exclusivas pra quem abandonou o carrinho de compras.

Caso tenha interesse em configurar o remarketing na sua loja, o próprio google adwords possui toda uma documentação para isso.

E por último, lembre-se que se o seu website não for responsivo(Celular , Tablet), provavelmente você já estará perdendo 50% das suas futuras vendas, logo quando os usuários perceberem que sua página não se adapta ao seu dispositivo móvel, desistindo da visita (fechando ou voltando a janela).

 

Ainda tem Dúvidas?

Fale com nossos especialistas !!!!