Como melhorar a performance de seu E-commerce.

24 abr Como melhorar a performance de seu E-commerce.

Entrar no mundo do comércio eletrônico não é uma tarefa tão simples e requer muita dedicação. Logo de cara você se depara com legislação, marketing, taxas de conversão, tributos, logística, operação. Trabalhar com e-commerce é muito mais do que apenas adotar uma plataforma.

Mas como melhorar a performance de uma loja virtual?

O primeiro passo não requer técnicas nem ferramentas caras: apenas instituir uma cultura nova na loja, principalmente quando existem unidades físicas. Colocar recursos para aumentar a visibilidade e investir em estratégias de marketing para alcançar os resultados.

Nicho de mercado vale a pena?

O varejo de nicho tem suas vantagens, mas nem tudo são flores nesse modelo de negócio.

Conquistar um determinado público e fidelizar para o consumo do produto especifico requer muita atenção. Há dificuldade de equilibrar as vendas da loja própria com a estratégia utilizada para marketplaces, opção muito procurada por quem vende produtos de nicho.

Usabilidade

A experiência do cliente dentro do site, para os especialistas, é fundamental não só para se diferenciar da concorrência, mas organizar as informações de modo que o internauta encontre rapidamente o que busca. Ou seja, as chances de converter a compra aumentam exponencialmente. Aqui, a imaginação é quem dá as cartas.

Na home page, é preciso direcionar o cliente para onde for melhor. E ‘melhor’ varia de caso a caso.

A entrega de conteúdo – principalmente fotos e vídeos – faz toda a diferença para o cliente finalizar um pedido. Então, na contramão do que o mercado costuma praticar, investir em imagens enormes, de boa qualidade, e integrar os produtos ao contexto.

Métricas

É fundamental analisar sua loja todos os dias, sempre fazendo algumas perguntas importantes para obter as respostas e buscar a melhoria continua e diária.

Escolher as métricas corretas e extrair resultados práticos faz toda a diferença.

  • Quais são os canais nos quais o site mais tem acesso?
  • Por qual canal a conversão é maior?
  • Por quais aparelhos?
  • Quais as formas de pagamento mais convertem?
  • Quais são as categorias os clientes mais cancelam a compra? Qual a origem desses acessos (orgânico, afiliados, links patrocinados?

Verificar os resultados e criar novas estratégias com certeza mudará os números de vendas de seu e-commerce.

Então fique atento a todas as dicas e até breve.

 

Vamos falar de performance?