13 jan Como as empresas podem tirar proveito das Redes Sociais e das Tecnologias Geolocais.

Em 2010, aprendemos um pouco mais sobre o que significa a palavra “Interatividade”. Não mais estamos falando de interação em ambientes fechados de nossa casa ou, do escritório. Graças as Mídias Locativas passamos para um novo ciclo de interatividade social (redundante mesmo). Isso por que psicólogos e especialistas alardearam durante o início do séc. XXI que a Internet e o computador nos colocaria cada vez mais isolados e restritos em nossos ambientes particulares.

Mas ao que tudo indica, a mudança veio a galope, e os sistemas mobile vêm crescendo e prosperando cada vez mais na sociedade em rede. Para se ter uma exata noção do que eu estou falando, basta ver que, em sites como o Twitter, praticamente 40% dos Tweets são lançados por uma plataforma móvel, mostrando que isso não é só uma tendência, os próximos anos, o conceito de isolacionismo por conta da tecnologia cairá por terra.

Nesse novo cenário, todos começam a aprender a utilizar as tecnologias móveis e o que vemos para o ano de 2011 é a consolidação destas tecnologias em diversos setores, sobretudo nas empresas. De que forma? Selecionei aqui 03 maneiras que acho interessante para elas:

Smartphone com Geolocalização

O crescimento do Hiperlocal favorecerá as empresas

  1. Ingressar nas Redes Sociais. Hoje as empresas que apostam nas mídias sociais saem ganhando absurdamente. Além de se tornarem próximas de seu cliente, este retroalimenta a empresa de todas as formas possíveis, além de mostrar de que forma ela pode garantir uma maior rentabilidade observando o comportamento de seu consumidor, tanto real quanto virtual.
  1. Compras Coletivas. Pelos mesmos motivos acima, com mais um – A briga pela concorrência com as empresas agora ganha o ‘elemento surpresa’. Os sites de compras coletivas oferecem descontos em determinados estabelecimentos, que se cada empresa não aprender de que forma sua concorrente aumenta os seus clientes, poderá se reverter num prejuízo grande no futuro.
  1. Hiperlocal. Essa pode ser a carta na manga. Habilidade com tecnologias geolocais, o Hiperlocal se torna cada vez mais comum, a troca de informações através de redes como o Foursquare e afins não facilitam só um novo modelo do “marketing viral” elas vão ampliar a forma como os clientes falarão sobre o seu estabelecimento.

Bom, entre outras razões, destaquei estas três acima, como as que acho necessárias atualmente, pois, conforme observamos a proliferação de tecnologias móveis, se as empresas não começarem a andar em terrenos digitais, seu sucesso estará ameaçado.

Fale com Especialistas.